18 de novembro de 2011

Pequenas Felicidades


* Sábado minha irmã paterna que mora em Saquarema veio pra casa dos meus pais com o marido e a filha. A noite eu e Anselmo fomos pra lá bater papo, e eles aproveitaram pra tomar boas cervejas geladas. Um calorrrrrrr!!!!!!!!!

* Domingo acordamos cedo e fomos pra casa da minha mãe. Fiquei jiboiando na piscina com marido e Gui (meu sobrinho amorzão). Só viemos embora no início da noite, eu fiquei exausta.

* Segunda resolvi inventar moda e passei o dia criando e transformando coisas da minha casa, adoro pintar, decorar, mudar coisas de lugares... Marido chegou do trabalho e fomos dar uma voltinha, respirar o ar fresco noturno. Queria açaí, mas continuo receosa por causa dos problemas da contaminação do Barbeiro (doença de Chagas), então me contentei com um suco.

* Terça curti o feriado em casa, jogada no sofá. Assisti filmes, me entupi de bobagens (estou realmente confiante que amamentação emagrece): pão de queijo, sucrilhos, kiwi com creme de leite, biscoito amanteigado com recheio de goiabada... Eu sei que corro o risco de ir rolando pra maternidade, mas decidi não me privar de nada que tenha vontade, a não ser que faça mal ao filhote.

* Quarta acordei com dor de cabeça, dor no corpo... Ainda não descobri se é a gripe querendo me visitar ou se é crise alérgica, porque no começo sempre sinto as mesmas coisas.
Choveu o dia todo e eu aproveitei pra colocar as plantas para tomar banho. Gosto de ler com as janelas abertas ouvindo o barulho da chuva.


* Quinta passei o dia na casa da minha mãe. Conversamos, assistimos filmes... muito bom. Voltei pra casa no meio da tarde e trouxe bolo que ela fez. 
Tem coisa melhor que comida de mãe? Acho que não.
Comecei a imprimir as coisinhas lindas do chá de fraldas do filhote. Não vejo a hora de ficar tudo pronto.

* Sexta acordei às 5:00 como tem sido ultimamente, mas resolvi voltar pra cama e apaguei. Acordei 11:00 com uma baita fome. Recarreguei a bateria e resolvi fazer mil coisas ao mesmo tempo: seguir arrumando o quarto do João Miguel, continuar minhas pinturas, bater papo no twitter, terminar de digitar uma monografia.

Como podem ver/ler minha semana foi caseira, sem grandes eventos, mas o suficiente para me deixar feliz. Porque eu não preciso de muito para ser feliz. Adoro minha casa, minha família. Eu me adoro. Não há nada que pague vivermos em paz.  


Post integrante da blogagem coletiva do Botoezinhos. Passe lá para conhecer mais felicidades.

14 comentários:

  1. Oii Carine!
    Mas se fosse grandes eventos não se chamaria pequenas felicidades! rsrsrs
    O bom é isso comer, dormi, acordar,ler bom livro, apreciar o barulhinho da chuva,curti marido,assisti bons filmes, jogar papo fora família! tem coisa melhor?!, gostei muito de sua semana,bjo.

    ResponderExcluir
  2. Ora, coisas caseiras também fazem a gente mega feliz! Eu adoro ser caseira. E vc está certa em dizer que comida de mãe não tem preço!! Sempre é a mais gostosa do mundo! Eu amo!
    Beijos no João Miguel!
    Adriana

    ResponderExcluir
  3. Que semana boa, to pensando no bolo que sua mãe fez para você levar para casa, tudo de mãe é gostoso,um grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. Olá amiga!
    Que luxo sua semana.
    Bem, tenho que confessar que ultimamente nem faço quitanda, mamãe faz e envia para mim.
    Mãe é mãe.
    Estou aproveitando para lhe convidar a ir em meu blog e participar do meu sorteio, estou sorteando uma linda bolsa. Passa lá: http://amo-educacaoinfantil.blogspot.com/2011/11/sorteio-de-natal.html
    Boa Sorte e Bjokas...

    ResponderExcluir
  5. Amiga são momentos como este que passou em familia que fazem a diferença neh, muito bom mesmo, sem contar que realmente comida de mãe é tudo de bom,(no meu caso de pai, é ele quem cozinha magnificamente em casa)amanha vou matar um pouquinho a saudade dos meus tb.

    Bjim

    ResponderExcluir
  6. Coisas deliciosas, Cá! Comer, caminhar perto de casa, dormir, descansar e... preparar coisas pro filhote!!! rs
    Tô curiosa pra ver pronto tbm!
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Vim conhecer suas pequenas felicidades e já estou seguindo, segue o meu tbm!!!!
    bjus
    http://meumundorosamel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Esperar um filho: Super felicidade.
    bj
    Lola
    http://baudaloladiacuy.blogspot.com/2011/11/pequenas-felicidades-e-o-natal.html

    ResponderExcluir
  9. Que coisa boa! Ter sossego, saúde, esperar os acontecimentos em paz e poder saboreá-los, realmente não tem preço!

    beijoooo

    ResponderExcluir
  10. Gosto quando vc fala: jiboiando, rs
    deve ser gostoso mesmo, ficar em casa, comendo bolo de mamãe, vendo filmes e vivendo toda a felicidade do mundo.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. As suas semanas são muito deliciosas, Carine. Fico imaginando o João Miguel lendo o blog mais tarde, quando for grandinho! Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Carine minha amada, adorei a disposição do texto por parágrafos, vou adotar, prende mais a atenção e fica fácil de acompanhar o desenvolvimento do texto, vc sempre faz assim, eu que não fazia, agora vou começar fazendo, hehe, amiga, não tem nada melhor que comida de mãe, carinho de mãe e adorei o termo jiboiando, que bom que vc se ama, a partir de nós é que começa tudo e estar grávida é um estado que transforma a gente, torna mais forte, é realmente uma bênção, alimente-se e descanse, João Miguel, agradece, eheh, adoro ler o que vc escreve amiga, parabéns, bjinhos e tudinho de melhor para você, obrigada pela visitinha, super amei!

    ResponderExcluir
  13. Adorei o blog, não conhecia!!!

    Bjs,
    Mari

    atelierinbox.com.br

    ResponderExcluir